Pesquisar neste Blog e na Web

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Psicólogo, psiquiatra, psicanalista... afinal, qual é mesmo a diferença?


   Termos como psicólogo, psiquiatra e psicanalista podem ser facilmente confundidos para quem não é da área. Antes de entrar na faculdade eu também nem sabia de algumas diferenças. Por isso, hoje resolvi colocar aqui uma breve diferenciação:

PSICÓLOGO: 
Profissional com graduação superior em Psicologia. Desta forma, tem uma formação voltada principalmente para o entendimento do comportamento e da subjetividade humana. O psicólogo não é habilitado para fornecer tratamento medicamentoso, mas sim para atuar com intervenções de ordem mais interacional, psicossocial. Pode realizar avaliações e diagnósticos em saúde mental. Um grande diferencial é que o único profissional habilitado a trabalhar com testes psicológicos. Mas a atuação do psicólogo também vai muito além da clínica: também existe a psicologia hospitalar, a social, a organizacional, a do esporte, a ambiental, a de pesquisa, a jurídica, e tantas outras, cada uma com suas especialidades e peculiaridades.

PSIQUIATRA:
Já a formação e atuação do psiquiatra são diferentes. A Psiquiatria é uma especialidade da Medicina. O psiquiatra, portanto, é um médico. Alguns fazem um trabalho psicoterapêutico como o psicólogo, mas são uma minoria. O tratamento psiquiátrico costuma ser mais farmacológico - ao contrário do psicólogo, o psiquiatra pode receitar remédios. O profissional também pode realizar diagnóstico, mas não é habilitado para aplicação de testagens na sua avaliação. A atuação costuma se restringir mais à área clínica mesmo, mas também existem áreas diferentes como a psiquiatria forense.

PSICANALISTA:
Psicanalistas são pessoas com formação em Psicanálise. Muita gente ainda confunde, mas Psicologia e Psicanálise não são sinônimos. A Psicologia é como uma árvore com diversas ramificações teóricas, sendo que a Psicanálise é apenas uma dessas linhas de pensamento e atuação*, que teve origem no famoso Sigmund Freud (por sua vez, a Psicanálise também tem suas subdivisões: freudianos, kleinianos, lacanianos...). Psiquiatras, psicólogos e até pessoas graduadas em outras áreas podem fazer essa formação em núcleos e sociedades psicanalíticas. Existem vários psicólogos que até trabalham com psicoterapia orientados pela Psicanálise, mas não são Psicanalistas. Resumindo: nem todo psicólogo é psicanalista e nem todo psicanalista é psicólogo.
O processo de "análise" difere da "psicoterapia" (como por exemplo a frequencia das sessões e o tempo do processo), mais deixemos esse para outra post. Dúvidas, podem perguntar nos comentários!

...........................................

* Saiba mais sobre o assunto clicando nesse link! http://www.artigonal.com/psicoterapia-artigos/psicanalise-psicologia-e-psiquiatria-3958487.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...